Bem Vindos ao meu Louco Mundo!

Bem Vindos ao meu Louco Mundo!
Olá, bom se você está chegando agora por aqui, lhe aconselho a sair,mas se você se quiser mergulhar em contos e crônicas de uma jovem dramática de apenas 18 anos, está no lugar certo! Jéssica é cheia de sonhos e desejos, e como uma boa escorpiana e teimosa, e cheia de romantismo, criou isso aqui para ser o seu único refúgio do mundo lá fora.

Seguidores

Facebook

Instagram

Colaboradora Jackeline Neves

Aquariana, 16 anos. Apaixonada pela vida. Personalidade forte, super determinada. Futura psicóloga. Sonho tenho muitos mas o maior deles é ajudar as pessoas com minha profissão.
quarta-feira, 3 de setembro de 2014

O beijo do até logo

                               
Ele veio e abraçou ela, e perguntou se ela tava bem, e com a voz suave e sorriso sem graça, ela respondeu,que estava tudo perfeito na paz, mesmo ela não estando bem, mesmo ela ter virado a noite inteira chorando. Ele riu e disse que está com saudades, e ela respondeu com coração ardente e batendo a mil, que também estava, em meio a trocas de olhares, e sorriso sem graças ele se despediu com um beijo no rosto e um até logo, ela recuou e disse que o até logo parecia ser sempre, ele explicou que tava namorando que era fiel e que na história que caberia a ele e ela não existia mas o pra sempre, ela entrou em desespero, e a olhar para ele chorou igual criança no qual seu algodão doce acabou, e saiu dizendo que o amava e que iria dizer adeus para aquela história no qual só existia ela, ele correu atrás dela e puxou com força, segurou seus braços, colocando ela de frente a ele,olhando nos seus olhos,a respiração quente,com medo, e roubando o último e louco beijo de paixão ardente, que traduzindo dizia que os dois se amavam, os seus lábios se encaixavam como céu e lua, era ardente e com sabor de morango e menta,e os dois se viram dançando no céu estrelado.
Ao final do beijo eles se olharam nos olhos, e com a lágrimas no rosto o adeus tomava conta, e ela correu ante de ouvir o até logo, que seria fim da história no qual ela pensava que era para sempre.
E depois disso eles nunca mas se viram.
Ela não dormia, não saia, e aquele seu quarto e o canal de amor da rádio se tornava seu programa favorito.
Ela queria ele, ele queria ela,
Porém existia algo, que não deixavam eles viverem o fogo dessa paixão misteriosa.
Ontem ela saiu com as amigas, e quando ninguém percebia que ela não estava bem, que estava isolada com saudades, e que os seus dias eram de pura tristeza, mas ninguém percebia que mesmo sorrindo tentando se divertir ela não estava bem, e ninguém a sua volta se importava, porque todos estavam preocupados, com suas roupas, maquiagem ou a vida do seu próximo.
E ela tinha uma única preocupação era saber se ele estava bem, se estava feliz, e que ja havia esquecido, o beijo de morango com menta, e as noites frias abraçados contando as estrelas do céu estrelado.

4 comentários:

  1. Ao ler isso me deu uma dor no peito :(
    Texto lindo.

    http://cafeinspirador.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei bem como é essa dor.. :(
      obrigado pela visitar ...
      beijos :-*

      Excluir
  2. Meu Deus Jéssica!
    Eu estou surpreendida com a sua evolução nos textos, está cada dia melhor, parabéns!
    Beijos <3
    http://confusionofthoughtss.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, leitora numero 1
      Obrigado Linda, você sempre fofa...
      Beijos :-*

      Excluir

Muito obrigado por deixar seu comentário! beijinhosss!